GTP

Global Teacher Prize Portugal: Terceira edição consegue atingir 125 candidaturas

Num contexto excecional, a edição nacional do chamado Nobel do Ensino conseguiu mobilizar professores de todo o território nacional e de todos os níveis de ensino.

 

Com 116 candidaturas validadas pelos auditores da consultora PwC (parceira do projeto desde a 1ª edição). Agora cabe ao júri do prémio, avaliar as candidaturas e escolher a lista de finalistas da qual sairá o professor/a que vencerá a terceira edição do GLOBAL TEACHER PRIZE PORTUGAL.

O júri nacional é composto por um leque abrangente de profissionais e especialistas de diversas áreas, que pretende representar os diversos quadrantes e comunidades ligadas à Educação em Portugal, nomeadamente, o Presidente Honorário do Júri, Álvaro Laborinho Lúcio, o Presidente do Júri, Afonso Mendonça Reis, em representação da organização do Global Teacher Prize Portugal (GTPP), Pedro Carneiro, em representação da comunidade educativa, Sara Rodi, em representação dos pais, Sofia Barciela, jornalista da área da educação.

Os finalistas serão conhecidos através de comunicado do Júri na 2ªsemana de setembro.

O anúncio do professor/a que recebe os 30.000€, do prémio está previsto para setembro – em data a ajustar em função da evolução dos acontecimentos – numa cerimónia desenhada para o efeito.

Recorde-se que o Global Teacher Prize Portugal muito mais que um prémio de 30.000€, pretende valorizar a enorme importância dos professores no desenvolvimento pessoal e profissional dos alunos do nosso país e das comunidades onde estão inseridos.

O prémio é dirigido a todos os docentes que exerçam a profissão, desde o pré-escolar ao 12º ano de escolaridade (regular ou outros).

O Global Teacher Prize Portugal apenas é possível através do apoio da Fundação Galp, Delta, Federação Portuguesa de Futebol, TVI, Rádio Comercial, Observador, Cision, GFK e PwC, que acreditam, juntamente connosco, que a educação é a ferramenta para melhorar o mundo e que o investimento nesta cria impacto nos jovens e em todos os quadrantes da sociedade, promovendo a qualidade de vida das suas famílias e ajudando a desenvolver uma sociedade mais próspera e sustentável.

 

SOBRE O GLOBAL TEACHER PRIZE PORTUGAL
Considerado internacionalmente como o “Nobel da Educação”, o Global Teacher Prize (GTP) é uma iniciativa presente em mais de 120 países, com o intuito de celebrar e reconhecer o papel dos professores em todo o Mundo. A distinção centra-se na divulgação das melhores metodologias de ensino e projectos inovadores desenvolvidos pelos professores, potenciando assim a capacidade e o aproveitamento escolar dos alunos.

O projecto internacional, promovido pela Fundação Varkey, marca presença direta em Portugal pelo 3º ano consecutivo, pelas mãos de Afonso Mendonça Reis, elemento do Júri Internacional e Presidente do Júri da edição portuguesa.

Várias personalidades e figuras públicas se têm vindo a associar ao projecto, entre elas Vhils, João Vieira Pinto, Ricardo Araújo Pereira, Nuno Markl, Fernando Serrano, Vasco Palmeirim, Laurinda Alves, Margarida Pinto Correia, Vera Fernandes e Pedro Ribeiro.

O prémio vem reforçar e valorizar o papel central que os professores têm na formação de sociedades mais desenvolvidas, mais prosperas e mais justas. Em linha com os objetivos do prémio global, a edição portuguesa assume três objetivos principais:

1) sublinhar a importância do papel dos professores no desenvolvimento da educação e do país;
2) partilhar boas práticas de evolução e mudança, mais adaptadas às novas necessidades e
3) promover um debate construtivo sobre o futuro da educação e os novos desafios.

Com este enquadramento e com ambição reforçada, o GLOBAL TEACHER PRIZE PORTUGAL regressa este ano voltando a inovar com uma abordagem bem mais ambiciosa, que passa pela dinamização de um movimento de reconhecimento do papel dos professores, que, com iniciativas especialmente desenhadas para cada público, pretende envolver todo o ecossistema educativo: professores, alunos, pais, comunidade educativa e a sociedade em geral.

O Global Teacher Prize Portugal foi criado também para partilhar saberes e trazer o assunto “Educação” para a ordem do dia, sensibilizando e responsabilizando toda a comunidade para a importância do contributo de cada um, criando novas respostas aos desafios que se apresentam. Mais que nunca na ordem do dia!!

Vencedores das edições anteriores do Global Teacher Prize Portugal:
– Jorge Teixeira, professor de ciências, no secundário, ensino público, em Chaves foi o vencedor da edição de estreia, no ano passado, e esteve no TOP50 finalistas da edição mundial do prémio deste ano.
– Rui Correia, professor nas Caldas da Rainha foi o grande vencedor da segunda edição do prémio, em 2019-

Todo o processo acontece de forma simples em www.globalteacherprizeportugal.pt . Com divulgação em facebook.com/global-teacher-Prize-Portugal

 

VÍDEOS SOBRE A IMPORTÂNCIA DOS PROFESSORES
Para o lançamento do GTP Portugal, dezenas de personalidades juntaram-se a esta causa e deram a cara para reforçar a importância e o apreço pelos seus professores. Há dezenas de vídeos disponíveis… e o leque é tão abrangente que vai desde o João Vieira Pinto ao Pedro Ribeiro; do Nuno Markl ao prof. Laborinho Lúcio; do Vasco Palmeirim à Fernanda Serrano; do Alvim à Júlia Pinheiro à Sara Rodi; do Professor Eduardo Sá ao professor; do vice-presidente João Couvaneiro ao Rui Veloso; da Sofia Espírito Santo ao professor Rui Pereira; do Afonso Dias à Luísa Beltrão, do Júlio Isidro ao João Brites ou ao Pedro Carneiro.

Os vídeos disponíveis aqui

 

SOBRE O GTP – GLOBAL TEACHER PRIZE (EDIÇÃO MUNDIAL)
Na sua génese, trata-se de um prémio mundial no valor de 1 milhão de dólares, cuja primeira edição aconteceu em 2015 e que, anualmente, pretende distinguir um professor que se tenha destacado pelo trabalho excecional e que, desta forma, tenha contribuído particularmente para a valorização da profissão.

As candidaturas estão abertas a todos os professores em atividade de todo o mundo e estão enquadradas por um regulamento, que é público, e que abrange um conjunto de critérios considerados extremamente relevantes para o exercício da profissão.

Uma equipa de auditores independentes valida as candidaturas e um júri multidisciplinar e multinacional (composto por professores, especialistas em educação, jornalistas, empresários, gestores, cientistas…) avalia as candidaturas e elege o vencedor.

Considerado por muitos jornalistas (e não só) como o prémio Nobel do Ensino, o GTP celebra e chama a atenção para uma profissão a que ninguém é indiferente e ajuda a revelar milhares de histórias inspiradoras de educadores que transformaram a vida de alunos por todo o planeta.

E este é um ano em que esta celebração mundial volta a ter um sabor muito especial, Portugal está representado por Cristina Simões, Professora do Ensino Especial, em Tondela que está entre os 50 finalistas mundiais do Global Teacher Prize 2020! Facto que, obviamente, enche de orgulho o Global Teacher Prize Portugal.

Na visão do seu fundador, Sunny Varkey (da Fundação Varkey, que está por trás do GTP), “ensinar tem que ser a profissão mais importante do mundo e merece por isso o máximo respeito” e, portanto, o prémio ambiciona promover a valorização dos milhões de professores que existem no mundo e apoiar a qualidade da educação, dando destaque ao enorme impacto que os professores têm nas nossas vidas”.

 

Fonte: https://www.e-cultura.pt

 

 

Sem comentários

Deixe uma resposta

*

*